Criando Obstáculos

 

Quantos obstáculos você tem criado em sua vida? A maioria, quando se depara com uma questão a se resolver, coloca-se no lugar de vítima e pensa: por que isso está acontecendo comigo? Logo comigo? Hoje quero falar do aprendizado que podemos tirar de qualquer situação que nos traga descontentamento.

A natureza dual da mente humana está sempre buscando categorizar e comparar situações. Então, colocamos uma espécie de etiqueta em todas as nossas experiências: bom ou ruim, chato ou bacana, caro ou barato. Mas, ao invés de se sentar na cadeira de coitado, procure reconhecer toda a força que existe dentro de você ao superar mais um desafio.

Ganesha, um dos deuses mais importantes do hinduísmo e, um dos mais adorados, traz em sua essência o poder e a força de destruir obstáculos, e por essa característica, é reconhecido. Possui uma enorme cabeça de elefante que representa sua sabedoria, uma protuberante barriga para digerir com paciência tudo aquilo que tem que ser engolido e uma única presa de marfim simbolizando os sacrifícios que devem que ser feitos. É, justamente por possuir uma grande força, aliada à inteligência, que Ganesha supera todos os bloqueios em seu caminho.

Geralmente, quando atravessamos por grandes transtornos, sentimo-nos fracos e sem força. Curiosamente, todas as provações, servem para nos mostrar o poder que temos. Sempre gostei do ditado que diz: o universo não nos dá desafios maiores do que nossa capacidade de vencê-los.

Preste atenção: muitas vezes a vitória não está naquilo que você julga como o desfecho ideal, mas, reside, simplesmente, no ato de reconhecer em si a capacidade de lutar e se superar. Pense nisso.